domingo, 20 de julho de 2014

Treina que nem homem é o caramba!

Por Tatiana Silva, em http://tatimabersi.blogspot.com.br/2014/05/treina-que-nem-homem-e-o-caramba.html

"Treina que nem homem!"
"Pára de treinar que nem mulherzinha!"

São frases bem comuns de se ouvir em muitos treinos (independente da atividade que se pratique). Sabe que nunca ouvi quaisquer frases parecidas do cara mais forte que eu conheço. Aliás, me lembro da cara que ele fazia quando alguém soltava tal comentário... sempre jogava um olhar para mim como se soubesse da minha vontade de jogar uma bigorna de 100kg em cima do infeliz que esbravejava isso. Sim, eu tenho um lado violento que odeia comentários babacas e que pensa em acertar a cara de algumas pessoas. Mas, acalmem-se pois são só vontades, até porque violência não resolve nada.

Voltando ao Raxa, foi na presença dele, nos meus primeiros treinos, que fui atacada com a piadinha de que eu deveria procurar uma louça para lavar. Foi ele que ouviu, ele que me defendeu e me ensinou uma coisa: não se pode aceitar calada! Não se deve permitir tal agressão! E isso eu aprendi com ele! Não permito que me agridam. E faço questão de dizer que não gosto nem um pouco de ouvir "mulherzinha", afinal na terra dos Mimimi's, vejo mais homens desistindo e sendo sedentários do que mulheres. O problema é que boa parte dos nossos "heróis" são homens. Continuamos a vender a mulher como objeto e não a tratamos como deveria ser: igual. Nem mais, nem menos! Até mesmo a figura bíblica da costela tentou indicar isso, pena que alguns não entenderam.

Não! Eu não sou homem! Não! E não tenho a obrigação de parecer um pouquinho com aquela propaganda de maquiagem. E sedução não é o meu ponto forte. Eu treino para ser independente! Entenda: independente e não egoísta! É fácil respeitar e ajudar quem se conhece, mas está na hora de colocar em prática o respeito real ao próximo. E rever conceitos e escrotidão das palavras.

E, é isso!

Fui!

0 comentários:

Postar um comentário