sábado, 16 de abril de 2016

Parkour X Gravidez

Por Juliana Reis

Meu nome é Juliana, mais conhecida como (Júh) sou de Cariacica-ES sou praticante de Parkour há, mais ou menos, 2 anos e meio.




Nesse período, engravidei, e por recomendações médicas tive que ficar sem treinar, ainda mais por ter um pequeno problema com meu tipo sanguíneo e assim se foi 1 ano mais ou menos sem treinar, mas graças a DEUS ocorreu tudo bem!






Agora em Janeiro resolvi voltar com tudo, já que o MAX está com quase nove meses de nascido. Percebi que engordei pacas, mas sempre tive força de vontade pra voltar aos meus 57kg (minha meta é menos que isso rsrs).

Foi como se estivesse ali no primeiro treino da minha vida... PERAI! Mas foi o primeiro treino depois de uma transformação imensa que passei, que meu corpo passou.
Passei por um processo onde meu corpo ficou totalmente modificado. Me senti inútil por só poder ficar olhando. Comecei a ter medos que nunca tive, principalmente o de me machucar. O que mais me incomodou foi não poder mandar o que já estava mandando antes, e ter que começar tudo de novo. Algumas criticas que ouvir no decorrer também foram bem ruins...
Os treinos físicos ainda são muito dificeis, ainda mexem um pouco com o interior, e por ter tido reação a doação de sangue que recebi tenho uma pressão na cabeça caso me esforce demais. 




Sempre tento fazer o máximo, Kiley alem de ser um maridão é um pai exemplar. Já pensamos em criar o Max no meio do parkour, mesmo que sabendo que vai ser uma escolha dele, mas é bom pra nos também, pois já aproveitamos um convívio familiar rsrs

Durante os treinos também tem as pessoas que nos ajudam segurando o Max, isso me deixa feliz. No parkour conheci pessoas que considero parte da minha familia , e por cuidarem tao bem do Max faz com que eu ame cada vez mais cada um deles...

O parkour pode ate ter entrado por acaso na minha vida, mas não foi por acaso que ele ficou, pois nele me identifiquei como não havia me identificado em esporte nenhum. (e estava precisando rsrs) Durante a gravidez engordei 12kg , e aos pouco estou recuperando, por isso que amooo o parkour, alem de ser algo que eu gosto de fazer ele me faz se sentir bem comigo mesma.

Hoje posso dizer que estou bem feliz por já ter reaprendido alguns movimentos, e buscando evoluir nos mesmos e assim se resume um pouco de mim!

BJS

0 comentários:

Postar um comentário