sábado, 30 de abril de 2011

Mulheres, parkour, encontros, treinos e vídeos.

Publicado por Tatiana Silva - RJ - http://tatimabersi.blogspot.com/


Ontem fui dormir pensando sobre o que um amigo disse quando soube o encontro feminino no início do ano. Ele brincou dizendo que éramos sexistas. Por que bodegas fazer um encontro feminino de parkour se o parkour não tem certo e errado, ou melhores e piores? Na época expliquei que era uma troca de experiência entre mulheres que treinam parkour e que conhecem as (possíveis) dificuldades nos treinos, além de ser um ótimo motivo para conhecer as meninas e de não nos sentirmos tão minoria assim.

Acabou que ontem ao pensar em algumas ideias para o próximo encontro feminino (que será nos dias 22 e 23 de janeiro do ano que vem e na Cidade Maravilhosa) e a divulgação do blog de Parkour Feminino me veio de novo o que ele me disse... Vou falar o que eu vejo e o que eu já ouvi de outras meninas!

Bem, que somos em número menor que o de homens, isso não é novidade! Mas, quantas vezes eu vi (e pergunto a você) uma mulher aparecer nos vídeos normais de treinos de parkour? Com certeza, menos de dez vezes! Eu falo de aparecer mesmo treinando, pois normalmente quando estas aparecem é fazendo quadrupedia, ou paradas "papeando" em algum canto. São raras as mulheres que ganham destaques em alguns vídeos. Normalmente são as mais conhecidas que representam o parkour feminino em tais vídeos. Pelo menos isso, né?! =]

Perdi a conta de quantos treinos e encontros que fui e vi tantas meninas treinando com afinco e na hora do vídeo... NADA! Parece até que no parkour não há mulheres. Olha que já reclamei disso! E acho que fui mal interpretada. Acho que entenderam que eu reclamei por não aparecer nos vídeos. Eu não dou a mínima aos vídeos, mas acho que se tantos "caras" do parkour, se tantos grupos dizem que são a favor do parkour feminino, isso deveria aparecer nos seus vídeos, não é?!

Quase sempre a desculpa é a mesma para a falta de mulheres nos vídeos: elas não pedem para ser filmadas! Pois é... o beltrano não pede e é filmado, o fulano não pede e é filmado, o sicrano pede e é filmado também! Interessante é que alguns que dão essa desculpa possuem câmeras fantásticas. Logo, a desculpa esfarrapada não cola!Não comigo! rs!!

Por isso que de uns tempos para cá tenho gostado da mudança de mentalidade de várias mulheres. Por que não filmar? Se não corrermos atrás, ninguém se manifestará a nosso favor, ninguém saberá que existimos! Tá, aí! Esse é o real motivo para fazer um encontro, um blog, um espaço sobre parkour feminino! Nós existimos e queremos o nosso espaço!!!

Ignorem meu momento REVOLTADA!! rs!!

E, é isso!

Fui!!

7 comentários:

  1. Exatamente, o importante é sim mostrar que existimos e treinamos, que levamos a serio e acabar com todo tipo de preconceito.
    Muito bem dito Tati =)

    ResponderExcluir
  2. Muito bom Tati.....eu já passei por esse momento ai, e foi por isso e mais algumas outras coisas que cansei de um cara do grupo que eu participava e parei, pois então eu já comecei a treinar de novo, mas em OFF, pois sempre tem algum motivo para falar de mim ou criar com rolo comigo e me deixar mal, pois agora eu to deixando pra lá e seguir meu caminho sozinha =)
    Nós mulheres somos independentes e nós levamos o parkour mais a sério doq ue alguns meninos =)

    adorei seu depoimento.

    ResponderExcluir
  3. É um ponto de vista que eu entendo claramente, mas, sinceramente, não compartilho da mesma revolta... Acho que essa coisa de não aparecermos em vídeos se deve a uma característica mais feminina de não fazer as coisas por simples exibicionismo. Obviamente que o seu ponto de vista faz sentido também. Acredito que já passou da hora da mulherada se impor e mostrar a que veio. Afinal, independente de estarmos em menor número, existimos.

    ResponderExcluir
  4. Caramba! É bom ver os comentários aqui! =)

    ResponderExcluir
  5. Esqueçam os vídeos! Treinem muito, mesmo escondidas! Mostrar o quão estão fortes e fluentes vai impactar qualquer aparição, em qualquer lugar, nem que seja só por um momento, por um segundo, seja em vídeos ou em encontros. Acredito que em breve, algumas de vocês vão conhecer ou já conhecer grandíssimos Tracers que ao menos gravam uma coisinha sequer. Esses sim são minha inspiração.

    Ps. Estarei mais frequentemente neste blog. Parabéns pelo trabalho meninas

    Poliana Sousa
    Brasília

    ResponderExcluir
  6. Eu concordo com a Tati, e eu concordo tbm que homem é muito unido, eles sofrem com o erro do outro e festejam com o acerto. E no caso de filmar acho que é a mesma coisa. Por isso acho que a mulherada tbm deve se unir sempre nos treinos! E sobre os encontros de PK FEM eu acho maravilhoso ver as fotos do primeiro encontro, do segundo encontro e ver as fotos dos treinos que tem agora! Tem muita minina treinandoo!!!! É evolução pra caramba!

    ResponderExcluir
  7. É isso aí, meninas!

    Vamos nos unir e evoluir!

    =]

    ResponderExcluir