Parkour Feminino Brasil: 10 anos de história - nossa nova (velha) cara!

By Carolinne Goes - 09:19

 - texto Caruh Góes


Em 2021 o blog completou 10 anos de existência, a primeira postagem por aqui foi em abril de 2011. De lá pra cá já tivemos várias colaboradoras, organizamos muitos eventos, sorrimos, brigamos, choramos, nós posicionamos e principalmente continuamos firmes, inabaláveis, pulando por aí.

Talvez muitas meninas que passaram por aqui não treinem mais, talvez você que está lendo aposentou o tênis, mas saiba que a sua passagem por essa comunidade fez história, nós fizemos (e fazemos) história! 
Quando ocupamos uma praça, ajudamos outros praticantes, ficamos a frente de um treino ou evento, estamos deixando um legado, uma parte de nós fica ali marcada pra sempre.

A história do blog começou porque eu queria conhecer outras mulheres que treinam e não me sentir tão sozinha. E descobri que isso é quase um instinto dentro de cada garota que um dia encontrou o parkour: encontrar umas as outras, virtualmente e presencialmente. Porque ver outras meninas nos inspira a continuar, e quando continuamos inspiramos outras, um ciclo infinito que nos faz prosseguir.

10 anos depois eu continuo aqui, porque cada uma de vocês que passou me fez continuar! E vou mais 10 anos pra frente, porque o parkour me faz bem!

Se você está começando agora, se você nunca parou, ou parou e quer voltar, essa comunidade continua de braços aberto pra você, que as vezes treina sozinha, que já foi hostilizada, que não tem mais tempo como antes, saiba que aqui há um lugar pra onde você sempre pode voltar, e que sempre vai te receber com as mãos sujas da rua, o coração cheio de alegria, um sorriso no rosto ao te ver (aquele sorrisão que a gente abre quando chega no treino e vê nossos parças).

Obrigada por cada uma que esteve comigo nos últimos 10 anos (e até antes). E que o parkour deixe marcado em você (em nós) apenas o melhor!

  • Share:

You Might Also Like

1 comentários

  1. Felicidade é lembrar de tudo e ter participado um monte. Parabéns por todo o blog, Caruh. Nós te amamos

    ResponderExcluir