sábado, 25 de abril de 2015

TIPOLOGIA DOS TRACERS, 37 PERFIS PARA VOCÊ SE IDENTIFICAR


Por Poliana Souza



Você é realmente um tracer? Claro. A diferença é em qual grupo você colou quando começou ou em qual grupo você se insere atualmente. hahahah. Escrevi isso aí quando fui responder a um amigo psicólogo o que era o Parkour. Aí me toquei que para cada tracer que essa pergunta for feita, surgirão respostas diferenciadas. Aí entra uma frase que sou apaixonada. " A desgraça do mundo é que todo mundo tem seus motivos". Você realmente pode se incluir em vários conceitos. E se souberem de mais alguns...compartilhem aí...




1) Há aqueles CONSCIENTES que conhecem e usam as bases do treinamento físico (preparação). Que fizeram ou fazem todas as etapas progressivas de altura, distancia, força, técnica. Tanto consigo quanto aos que os procuram para aprender. Se preocupam, por exemplo, em respeitar as suas individualidades e as dos outros.

2) Os VIAJANTES, que nesse caso não é geograficamente, são aqueles que acham que o mundo todo é parkour, desde a hora que acordam até a hora que vão dormir. Passam o dia assistindo vídeos e postando qualquer besteira na internet sobre parkour. Acham que o melhor esporte na vida é o parkour e que os melhores seres humanos são os tracers. Às vezes se esquecem de trabalhar, estudar ou ter vida social fora parkour.

3) Há os INCONSEQUENTES AVANÇADOS. Aqueles que já praticam há algum tempo mas não ouvem ninguém, não querem aprender nada sério em relação ao corpo e treinamento, são a favor do radicalismo, gostam de competir, e vivem machucados. São os que normalmente não gostam de ensinar os iniciantes mas gostam de os ter por perto para estes virarem plateia.

4) Há os INCONSCIENTES INICIANTES. São os que veem um programa ou reportagem na tv e já começam a sair pulando feito doidos. Que já querem o melhor tênis e já coloca o nickname, papel de parede, foto de perfil e o email sobre parkour. Pior é quando já querem fazer uma tattoo sobre o assunto.

5) Tem também os INTELECTUAIS INTERNETEIROS do parkour. Que estão sempre produzindo bons materiais de leitura, traduzindo documentários, motivando outros participantes. Publicam muita coisa útil e, algumas vezes, também várias coisas inúteis mas...

6) E os INTELECTUAIS ACADÊMICOS. Aqueles que escolhem escrever sobre o parkour em suas teses, artigos, monografias e TCCs. Para publicar ou não e seja lá em qual área de conhecimento for.

7) Os DEPENDENTES INICIANTES. Que só treinam em aulas, com professores/orientadores. Que não sabem ou não querem, por N motivos, treinar sozinhos. Que não possuem a autodisciplina e normalmente tem medo de criar movimentos novos.

8) Os DEPENDENTES AVANÇADOS . Que só treinam se tiver treino oficialmente marcado com horário e local e, necessariamente, sempre precisam de companhias/ encontros e eventos.

9) Os DEPENDENTES DE GÊNERO Aqueles que necessitam que seu respectivo companheiro(a) esteja na mesma sessão de treino, treinando ou não?

10) Os VICIADOS CINEMATOGRÁFICOS - Aqueles que não fazem um treino ou movimento sem estar filmando e/ou fotografando.

11) Os INDEPENDENTES CONSCIENTES. Que vão atrás de conhecimento em todos os possíveis lugares. Treinam há qualquer hora e lugar, filmam e editam seus próprios videozinhos (raramente publicam). Não se preocupam muito com o que está acontecendo no parkour brasileiro e mundial. São sérios, se preocupam bastante no auto desenvolvimento constante, tem paciência para curar lesões, tentam programar treinos e estabelecer metas a longo prazo.

12) As ESTRELAS. Os que já praticam há muito tempo mas tocam o foda-se pra tudo e pra todo mundo. Geralmente não respeitam a opinião alheia e gostam sempre de chamar muita atenção, ou nos treinos ou na internet.

13) Os ETERNOS PROFESSORES - Aqueles que, muitas vezes, deixam de treinar para ensinar quem, aparentemente, está com dificuldades. Fazem isso com prazer, gratidão e cuidados extraordinários.

14) Há os ASPIRANTES A PROFESSORES - São aqueles que tentam, tentam e tentam ensinar de todas as formas mas infelizmente não conseguem. Juram ser professores e que sua maneira é a mais eficiente do mundo.

15) Há os tracers POLÍTICOS - Os que sempre querem agregar e incluir toda a comunidade brasileira em tudo. Criam votações e editais para todos os assuntos. Adoram cargos e hierarquias e nunca dispensam proteger um mal amado ou indefeso numa discussão. Vivem de direitos iguais e democracia.

16) Os tracers DA IMPRENSA. Aqueles que estão por dentro de todas as novidades...desde brigas, treinos, fofocas, artigos, acidentes, mortes, tênis, fóruns, famosos, programas de tv, filmes, academias, podcasts, desafios,

17) Os CAUSADORES DE POLÊMICAS - São os inovadores, aqueles que adoram colocar o parkour onde ele ainda não foi inserido ...Amam ver 500 comentários sobre as suas atitudes, posições e suposições.

18) Os tracers PROMOTERS - que adoram organizar eventos, alojar o Brasil todo, convidar famosos, arrecadar dinheiro, buscar patrocínio, fazer artes para folders, entre outros.

19) O tracer ARQUITETO - Aquele que já tentou desenhar, desenhou ou está pensando em desenhar o parque parkour dos sonhos. Normalmente já conhece todos os projetos bem executados dos outros parques do mundo.

20) Os MUTILADORES - Aqueles que não voltam para casa enquanto não arrancam 5 calos, não param de fazer precisão enquanto não bater a canela para sangrar, aquele que ama furar o tênis, a meia e o dedão num único catleap. Aqueles que rolam no concreto até ficarem como as costas de Jesus chicoteado, aqueles que sentem prazer em deixar seu DNA no muro. Aquele que tira selfie no hospital tomando ponto na cara.

21) O tracer SONHADOR. Aquele que um dia vai treinar em todos os picos do mundo... Principalmente os mais famosos, claro. E que ainda pode ser convidado para fazer um filme ou ainda sentar para tomar chá com o Belle ou o Foucan.

22) O tracer PROPAGANDA . Que só consegue treinar ou encontrar a galera do parkour ou ainda sair em vídeos e fotos se estiver uniformizado. Geralmente com camisetas e calças personalizadas da sua crew ou da sua marca ou ainda de um evento ou logo de outro Estado ou País. A blusa de parkour vira quase abadá de carnaval.

23) Existem os tracers TRILHA SONORA. Eles escutam músicas somente para ver as que combinam com o seu próximo vídeo. Ou ainda que escutam musicas aleatoriamente e sua frase sempre é: "caramba, essa musica dá pra fazer um vídeo assim..." E toma treino ou projeto novo por causa da suposta música. Eles têm seu Top 10 de músicas para parkour.

24) Há os tracers MESTRES Eles são idolatrados. Fizeram e fazem diferença na vida de muita gente. São influências que você escolhe como boa. Sejam pelas ações, pelas palavras ou pelo estilo de treino.

25) Existem os tracers GURUS. Aqueles que sempre são chamados, publicamente ou não, para dar a opinião em alguma discussão , na data de algum treino ou evento, no desenho da camiseta, no novo pico de treino, no seu novo vídeo ou na sua nova foto. Eles também podem te recomendar os melhores tênis e também te dizer qual a tendência da moda parkour.

26) O tracer FILHO DA PUTA. Todos os movimentos que ele tenta executar de primeira ele já consegue realizar. São raridades, mas existem.

27) Os tracers TRAIDORES. Estes diziam que amavam o parkour e não viviam sem, aí foram para o cross fit, jiujitsu, body builder, pros tricks, skate, ginástica olímpica, mundo dos negócios, streetworkout, entre outros.

28) Há o tracer VOLUMÉTRICO. A vida dele se faz melhor pela quantidade de treinos diários que ele faz e publica. Partiu treino da manhã, partiu treino da tarde, partiu treino da noite, partiu treino com os amigos, partiu treino físico, partiu treino técnico, partiu treino em casa. Ele acredita que quanto mais melhor.

29) Há o tracer DIA SANTO. Só treina domingo, mas também é de 08 da manha até 08 da noite.
30) Os PIROCÓPTEROS. São aqueles que desafiam seus labirintos, Giram (fazem mortais) para agradar os outros, para serem felizes, para a pedra no caminho, para saudar o sol, para comemorar o dia, para a autoestima, para tratar solidão, para ver o céu...essas coisas.

31) Tem o tracer CAPACHO. Aquele que só treina ou vai a algum evento se tiver algum famoso ou pica das galáxias no treino. Treinar com iniciante é condição impossível. Ahh, claro também que quando ele vai marcar treino, ele só convida o grupo seleto de fodões.

32) O tracer DESLIGADO é aquele que sempre se põe no seu caminho, às vezes de propósito ou não. Ele sempre entra na sua frente quando vc vai iniciar um movimento ou quando você já está no seu “flow”. Normalmente ele senta onde está todo mundo querendo treinar.

33) Os tracers/traceuses MACHISTAS, lógico que acham que toda mulher que começa a treinar é “Maria Mureta”

34) O tracer NINJA. Que treina alone, não gosta de eventos, se move nas sombras, atira shurikens, e só aparece pra ownar nas discussões e some numa bomba de fumaça de novo (Sugestão de Pedro Almeida Vidal)

35) O tracer FASHION. Ele coloca calças coloridas e com tanto pano que daria pra fazer duas calças. Bandanas estilosas pra dar o toque e se tiver uma toalhinha sobrando já pendura em algum lugar do corpo pra esvoaçar (Sugestão de Vitor Balistiero Figliolia)

36) Tracer RECLAMÃO. Reclama que tá calor, reclama que tá frio, reclama que o treino físico tá doendo, reclama que não consegue fazer o movimento e quando consegue ainda reclama que saiu "feio" (Sugestão de Rafael Santiago)

37) O Tracer APAIXONADO. Aquele que ama os amigos, e que, mesmo sendo o Traidor, ainda prefere e idolatra aquelas maravilhosas amizades que cultivou no mundo do parkour (Sugestão Thiago Lima)

Um comentário: