sábado, 2 de julho de 2011

Poliana Sousa




Nome: Poliana Sousa
Profissão: Personal Trainer

Idade: 26 anos

Um pouco sobre mim:
Sou apaixonada pelas minhas escolhas, adoro o meu estilo de vida. Estudar, trabalhar, treinar e dançar é praticamente o resumo dos meus dias. Afinal todos estão reunidos em prol de um mesmo aspecto. Gosto de estar rodeada de pessoas inteligentes, divertidas e que adoram esportes.

Como conheceu o parkour:
Em meados de 2005 por meio de alguns amigos “nerds” que trabalham com programação. Eles acharam o parkour e eu acabei me juntando a eles. Ficávamos horas assistindo a vídeos. Demorei 3 treinos para começar a fazer algumas coisas. Depois fui conhecendo um pouco da comunidade parkour de Brasília e acabei visitando quase todas as cidades. Desta forma fui fazendo amigos por todo o Brasil e que até hoje fazem parte da minha vida.

O que você viu no parkour: Uma forma de movimento totalmente inesperada e diferente. Desafiadora e ao mesmo tempo motivadora. Vi uma forma de compromisso com o treinamento do corpo e da mente e também com o ambiente. Nunca tinha pensado em transformar uma “brincadeira de criança” em uma filosofia de vida.

Como o parkour influencia na minha vida:
Da mais ampla forma. Analiso diferentemente as estruturas da cidade, nas conversas do dia a dia, nos meus outros treinamentos diários, nas leituras e estudo técnico da minha área, no círculo de amigos, no reconhecimento, na escolha das viagens. E agora, recentemente, com as aulas que estamos dando com o Grupo Movimente. http://www.movimenteorg.blogspot.com/





Do que mais tenho orgulho por treinar parkour
De toda a força e confiança que eu adquiri em todos esses anos, de todos os amigos que ganhei. De ter feito meu trabalho de conclusão de curso sobre o parkour (infelizmente não publicado). De ter sido a única mulher a completar o Hellnigth em BH (apesar de não terem muitas lá) e também de ser a única Brasileira Qualificada Nível 01 do ADAPT (Parkour Generations) http://www.parkourgenerations.com/content/adapt-qualified Sinto mais orgulho também quando consigo influenciar os novos praticantes com um pouco do que sei.
Há quanto tempo treina e qual sua freqüência de treinamento.
Há 6 anos com algumas várias interrupções. Treino na rua por volta de 2 a 3 vezes por semana. Porém treino o corpo TODOS os dias, ou na academia ou em outros esportes.



o Blog parkour Feminino
Adorei a iniciativa de todas vocês e farei de tudo para manter isso de pé e com força! Podem contar comigo sempre.

3 comentários:

  1. Rafael Sotero (butui)17 de agosto de 2011 19:04

    A poli tem um video que fiz! Das eras!
    Ela não quis divulgar! DEDUREI MESMO!!!

    ResponderExcluir