segunda-feira, 25 de junho de 2012

isso tudo é músculo ou tem cabeça por aí?



Durante a semana (pra quem trabalha e estuda como eu, e só tem os finais de semana e feriados pra treinar) me peguei pensando em tudo o que já ouvi no Parkour, desde o meu início até agora. Não me desfazendo de tudo o que já ouvi, pois se hoje sou a Traceuse que sou é graças a boa parte das coisas que já ouvi principalmente quando se trata de técnica no Parkour... mas voltando ao assunto que me levou a escrever este post, nem sempre tudo o que te falam deve ser levado como verdade absoluta. E hoje, eu sei bem disso.
Eu, como muitas traceuses já devem ter ouvido aquela frase que "soltam" antes de você fazer algo, principalmente quando você não está conseguindo realizar tal movimento..
"Pegue impulso primeiro, depois tente" 
Não me batam por favor, mais as coisas não funcionam bem assim.
Antes de começar a praticar Parkour, eu passava a maior parte do meu tempo livre vendo vídeos, lendo artigos e principalmente absolvendo tudo o que se tratava sobre cuidados no Parkour. Depois que comecei a praticar e principalmente quando comecei a ser "instruída" por meninos, parei de pesquisar sobre o Parkour, minha técnica passou a ser tudo o que eu ouvia dos meninos. De antemão, digo que isso é um erro! Opiniões são importantes, mas cá entre nós, quem conhece mais seu corpo? Você.
Não quero dizer que parem de ouvir o que seus instrutores ou amigos dizem, não é isso! O que quero dizer é que:
- O Parkour precisa ser vivido dia-a-dia, você precisa levar o Parkour a sério. E pra isso, você precisa realmente conhecê-lo, não digo apenas sobre saber onde ele surgiu ou quem foram seus fundadores.. Parkour é muito mais que David Belle e França!
"Não é apenas pegar impulso e ir lá"
É conhecer seu corpo, é ter uma resposta quando lhe jogarem a pergunta "porquê você faz isso?", é saber seu limite, é ter a confiança suficiente para treinar sozinha, é ter mais confiança ainda para treinar alguém!
Ter na sua mente até onde você pode ir, o que fazer quando encontrar um obstáculo, seja na sua vida ou no Parkour... só você pode conseguir.
PARE PRA OUVIR quando alguém lhe disser o que fazer, TENHA ARGUMENTOS para debater quando você julgar que aquilo não é melhor seja pra você ou para qualquer outra pessoa mas acima de tudo, CORRA ATRÁS DA VERDADE!
Parkour requer força!
Força não se ganha apenas nos treinos!
Treinos não são apenas na rua ou em academias!
E você não pode realizar seus treinos DE CABEÇA VAZIA!

Mente cheia? Vontade de se esforçar ao máximo no seu treino de hoje? 
Pronto garota, vai lá. Veste teu moleton, sente tua mente cheia, se esforça MESMO pega impulso e vai! Só você decide onde quer chegar e onde vai parar! 



Aloha meninas, até a próxima! '



4 comentários:

  1. Boa, Patricia!
    Me lembrou a conversa que eu tive com o Ricardo na semana passada.

    ResponderExcluir
  2. Conversar com o Ricardo também me faz um bem danado, espero que um dia possamos treinar, nós três! <3 '

    ResponderExcluir
  3. Heheheh, amei patricia, soube colocar bem as questões.

    ResponderExcluir