sábado, 27 de outubro de 2012

O que é o parkour para você?

Me lembro de quando o Ricardo de Fortaleza me fez essa pergunta. Fiquei pensativa por alguns minutos. Eu tinha certeza de que não era só pelas amizades, ou muito menos pelos vídeos "incríveis" que as pessoas que ao saberem que eu era praticante de parkour queriam saber se eu fazia igual, menos ainda pelas piadas com referência ao Partoba (1, 2, 13, 27, 2529).

O que me faz sair de casa e voltar com a roupa toda suada e com cara feliz? Ou o que me fez sair nesses últimos sábados sozinha para treinar encarando os olhares curiosos? Não foi apenas a filosofia da atividade que me tocou, foi perceber que a atividade parece tão natural para mim que eu não me vejo a deixando de lado.

Eu não sou um exemplo de movimentação bonita. Porém, eu sei que o meu corpo melhora a cada vez que eu me desafio. E considero lindo demais quando vejo algo semelhante em outras pessoas. Não quero ver se o seu vídeo foi bem editado. Eu quero vê-lo dando o seu melhor. Independente de quantas vezes você tenha de parar para recomeçar.

Pensei nisso depois de lembrar dos vídeos do Projeto Curta Reflexões do Renato Lelles. Se você nunca viu o projeto, vale assistir aos vídeos. Deixo os mesmos aqui. Boa sessão e bons treinos.







2 comentários: